Palavra-chave de cauda longa

A importância da palavra-chave de cauda longa em SEO

28/05/2024 8 minutos de leitura

O que é palavra-chave de cauda longa?

São palavras-chave muito específicas, geralmente compostas por três a cinco palavras. São termos representam a pesquisa feita por um usuário que sabe exatamente o que quer encontrar no mecanismo de busca.

Essas palavras-chave diferem das palavras-chave de cauda curta, que são termos mais enxutos, compostos por uma a três palavras e que não são direcionados a algo mais específico.

Exemplos de palavras-chave de cauda longa

Alguns exemplos de palavras-chave de cauda longa:

  • Advogados especializados em divórcio em São Paulo
  • Sandália de salto 10 cm
  • Exercícios de yoga para fazer em casa
  • Como fazer molho branco sem farinha

Todos estes exemplos refletem pesquisas bastante específicas, ou seja, a pessoa não está apenas buscando por um advogado, ela quer um advogado que atenda em São Paulo e seja especializado em um tipo de processo que é o divórcio.

Exemplos de palavras-chave de cauda curta

Alguns exemplos de palavras-chave de cauda curta:

  • Brinco masculino
  • Shampoo
  • Calça jeans
  • Mouse

Diferente das palavras-chave de cauda longa, estas não representam uma busca refinada. O usuário não determina os detalhes do que ele precisa, é uma pesquisa que abrange todas as opções e variáveis do que está sendo pesquisado.

Palavras-chave de cauda longa vs. palavras-chave de cauda curta

Na hora de criar um conteúdo, a escolha de palavras-chave é essencial para determinar sobre o que é o conteúdo e como as pessoas irão encontra-lo no Google. Pensando em SEO, o uso de palavras-chave de cauda longa ou cauda curta é muito estratégico.

As palavras-chave de cauda curta normalmente tem um volume de busca muito maior, o que implica em uma alta competitividade também. Um termo como “mouse” possui um volume de busca de 110 mil pesquisas por mês, já o termo “mouse gamer vermelho” possui 170 pesquisas por mês.

Por outro lado, as palavras-chave de cauda longa, por serem pesquisas muito mais específicas, tem um volume de busca mensal menor, e tendem a ser menos competitivas.

Para ilustrar essa diferença, vamos considerar cinco exemplos de palavras-chave de cauda curta e suas possíveis alternativas de cauda longa:

Palavra-chave de cauda curta Palavra-chave de cauda longa correspondente
Receitas Receitas fáceis de jantar vegetariano

Receitas rápidas para fritadeira elétrica

Receitas para emagrecimento

Carros usados Melhores carros usados abaixo de 10 mil

Carros usados em Franca

Financiamento para carros usados

Óculos de sol Óculos de sol masculino original

Óculos de sol gatinho

Óculos de sol quadrado feminino

Exercícios Melhores exercícios para perder peso em casa

Exercícios para pés inchados

Exercício para perder barriga rápido

Decoração Decoração para batizado simples e barato

Decoração casamento rústico

Decoração para loja pequena

 

A escolha da palavra a ser utilizada em seu conteúdo depende muito da estratégia e do posicionamento atual do site.

Como achar uma boa palavra-chave

A palavra-chave não deve ser escolhida apenas por ter um alto volume de busca, é preciso considerar diversos fatores que podem influenciar no sucesso do conteúdo como o público-alvo, o objetivo do conteúdo, a intenção de pesquisa do termo e a competitividade do mercado.

Entenda melhor:

  • Conheça seu público alvo: entenda quem são os usuários do seu site e o que eles estão buscando, quais seus interesses e comportamentos. Ferramentas como Google Analytics são valiosas para ajudar nesta tarefa.
  • Defina o objetivo do seu conteúdo: qual o propósito do conteúdo que você está criando? É educar o leitor? É vender um produto? É importante determinar isso antes de qualquer coisa, para utilizar palavras-chave coerentes com cada intenção.
  • Considere a intenção de pesquisa: depois de determinar o objetivo do conteúdo, é preciso considerar as palavras-chave de acordo com sua intenção de pesquisa que pode ser: informativa, navegacional, transacional e comercial. Por exemplo, quando o usuário faz a seguinte pesquisa: “exercícios para queimar gordura em casa”, é evidente que ele não está buscando um produto, e ele não quer ler um texto extenso; ele deseja encontrar um conteúdo prático e direto ao ponto, mostrando os melhores exercícios caseiros.
  • Analise a competitividade do mercado: diversas ferramentas como SemRush, Ahrefs e Ubersugggest podem te ajudar a verificar a competitividade de cada palavra-chave e assim escolher a opção que seja mais coerente com a sua estratégia.
  • Utilize ferramentas adequadas: não empregue palavras-chave de acordo com “achismo”, pois existe um grande risco da estratégia não funcionar. Por isso é essencial utilizar as ferramentas para selecionar as melhores palavras-chave a até mesmo encontrar outras opções que nem passaram pela sua cabeça.

Como escolher palavra-chave seo? Pessoa procurando

Benefícios das palavras-chave de cauda longa no SEO

Usar palavras-chave de cauda longa é vantajoso principalmente devido a sua menor concorrência. São termos pouco visados por grandes players do mercado, então sites com menor autoridade têm melhores chances de alcançar boas posições nos resultados de busca e construir sua base de usuários.

Apesar dessas palavras-chave apresentarem menor tráfego individualmente, a soma do tráfego de várias dessas palavras-chave pode ser significativa. Ou seja, um site que consegue se posicionar bem para várias palavra-chave de cauda longa consegue alcançar um ótimo volume de tráfego.

Essa estratégia garante que o site tenha uma base sólida de conteúdo, tráfego e autoridade, para poder concorrer com players maiores a longo prazo.

Palavras-chave de cauda longa, embate entre concorrentes.

As palavras-chave de cauda longa também atraem tráfego mais qualificado. Por se tratarem de pesquisas extremamente direcionadas, os usuários que estão pesquisando sabem exatamente o que querem, e provavelmente se encontram em um estágio mais avançado em sua jornada de compra. Isso significa que o tráfego é mais engajado e tem uma maior propensão à conversão.

Outro detalhe é que esse tipo de palavra-chave é muito mais utilizado em pesquisas por voz, que tem se tornado cada vez mais populares com o aumento do uso de assistentes como Alexa e Siri.

Exemplos de palavras-chave de cauda longa bem-sucedidas

Segue uma imagem que exemplifica a diferença de tráfego de uma palavra-chave de cauda curta para uma de cauda longa:

Comparativo entre palavras-chave de cauda longa e curta.

Note que as palavras-chave de cauda longa, apesar de terem menor volume de tráfego, tem uma concorrência muito menor do que as palavras-chave de cauda curta. A busca por “tênis feminino para caminhada” reflete um nível de intenção do usuário muito específico, ou seja, ele sabe exatamente o que deseja comprar.

Este nível de especificidade não existe na busca por “tênis”, que embora tenha um volume de busca superior, é mais genérica e atrai usuários em diferentes estágios de decisão de compra. Esta busca pode incluir tanto usuários que estão apenas explorando opções quanto aqueles que já sabem o que querem.

Estratégias para otimizar palavras-chave de cauda longa

Existem algumas técnicas bastante interessantes para tornar o uso das palavras-chave de cauda longa mais eficiente em seus conteúdos.

Estrutura inteligente e arquitetura de informação estratégica

Ter um site com uma arquitetura e estrutura inteligentes pode auxiliar na sua estratégia e na forma como suas palavras-chave de cauda longa são classificadas no Google. Pensar estrategicamente em como levar o tráfego de uma página a outra, e em fornecer uma experiência de navegação que direcione o usuário às páginas principais facilita a passagem de autoridade e relevância por meio da linkagem interna.

Conteúdo útil e relevante

Não pense apenas em inserir palavras-chave no seu conteúdo, pense em criar um conteúdo que seja realmente útil e atenda as necessidades e expectativas dos usuários. O Google tem diversas diretrizes que favorecem sites que entregam conteúdos úteis, originais, que realmente resolvam o problema ou a dúvida dos usuários. Essa abordagem é essencial para sites que prezam pela qualidade e pelos ótimos resultados a longo prazo.

Otimização contínua e análise de dados

Monitore suas páginas e avalie a necessidade de fazer mudanças estratégicas com base no desempenho na classificação destas palavras-chave. Avalie a necessidade de fazer adaptações no conteúdo, na estrutura técnica, nos títulos, URLs, meta descrições, imagens, para tentar melhorar o desempenho de páginas que não estejam se saindo tão bem.

Compartilhe
Raísa Fabel
o autor

Raísa Fabel

Analista de SEO e estrategista de conteúdo na MO4 web.

Este site utiliza cookies que salvam seu histórico de uso. Para saber mais, leia a nossa política de privacidade